Buque de Noiva

 

A História Por Trás do Buquê de Noiva

Como Surgiu o Buquê da Noiva?

Visto como um dos principais acessórios da noiva, o buquê de flores está presente há diversos séculos no ritual do casamento e é um adereço repleto de significado para o casal. Sua história surgiu na Grécia Antiga, quando a noiva montava seu próprio buquê com ervas e especiarias como forma de garantir proteção, sorte e sucesso no casamento. Cada ramo trazia um significado e, sendo assim, o buquê se tornava um amuleto para a noiva.

No entanto, com a chegada da Idade Média a forma de montar o buquê foi sendo alterada, visto que a noiva caminhava até a igreja e ia recolhendo e recebendo flores e ervas para montar seu buquê ao longo do trajeto. Nesse caso, os moradores ofereciam ramos que indicassem o sentimento que tinham para com o casamento, como prosperidade, felicidade e harmonia. Ao chegar à igreja, a noiva tinha em mãos um buquê repleto de ramos, flores e boas energias.

Dois Buquês?

Com o passar do tempo, o buquê se tornou ainda mais valorizado dentro do casamento, pois era a representação do matrimônio. Ao mesmo tempo, surgia o hábito de retirar parte do vestido da noiva ou de seu buquê para garantir prosperidade, mas como tanto o vestido quanto as flores eram sagradas, foi necessário implantar um segundo buquê para os convidados.

O primeiro buquê era utilizado durante a cerimônia e recebia a bênção após o casamento. Em seguida, o buquê era tratado para manter sua aparência e guardado em uma redoma, de modo a simbolizar a pureza e a beleza do matrimônio. Muitas noivas deixavam seus buquês na sala de estar ou até mesmo no quarto do casal.

Já o segundo buquê era utilizado como oferta aos convidados, de modo a preservar o vestido da noiva e as flores sagradas do casamento. Fora assim que nascera o famoso ritual de jogar o buquê.

O Ritual de Jogar o Buquê

A princípio todos concorriam pelo buquê da noiva, uma vez que aquela era a forma de conquistar parte da felicidade do casal. No entanto, a partir do século XIV na França foi estabelecido o ritual de jogar o buquê para as mulheres solteiras, de modo a incentivar o casamento e transferir a sorte de ter se casado para alguma amiga ou prima da noiva. Tal ritual se mantém até os dias de hoje e se tornou um dos momentos mais esperados da festa de casamento.

Presenteando e Surpreendendo

No entanto, a presença do buquê de flores não precisa se restringir aos casamentos e celebrações, podendo ser utilizado como forma de presentear e surpreender alguém por quem se tem carinho, zelo e cuidado.

Seja redondo, tipo cascata ou de braçada, todo buquê é lindo e rico em significado e emoção. O buquê de flores, independentemente de qual espécie, demonstra afeto de uma forma clássica e elegante, trazendo toda a simbologia das flores e a pureza vinda de ramos e pétalas tão delicados. Portanto, sempre que quiser surpreender, agradecer, demonstrar paixão ou até mesmo parabenizar alguém, basta escolher flores que representem os sentimentos e organizá-las em um lindo buquê.

Buque de Noiva Buque de Noiva